top of page
Search
  • Writer's pictureÍmpar Inteligência em Investimento

PRAZOS E RENTABILIDADES NA RENDA FIXA


Você já parou pra pensar se existe alguma relação entre os prazos dos títulos de Renda Fixa e as rentabilidades que eles oferecem?


Quando investimos em um título de renda fixa, seja um CDB, LCI, LCA, o normal é observarmos a seguinte dinâmica: quanto maior o prazo do título, maior a sua rentabilidade. Por exemplo, um título prefixado com rentabilidade de 10% ao ano e vencimento em 1 ano. Pensando nesse mesmo título, porém, com vencimento em 2 anos, normalmente ele terá uma rentabilidade acima de 10% ao ano. Você sabe por qual motivo isso acontece?


Nos títulos de renda fixa, a rentabilidade contratada no momento da aplicação só é garantida se o investidor ou investidora permanecer aplicado(a) até o dia do vencimento. Ou seja, se sair antes, é possível que ele(a) tenha uma rentabilidade abaixo do esperado, ou, em alguns casos, até mesmo rentabilidade negativa (prejuízo). Então, o risco de liquidez, que é aquele relacionado à necessidade de utilizar o dinheiro antes do vencimento da aplicação, é maior quando o vencimento é mais longo, e por esse motivo, para “compensar” o risco maior, a rentabilidade acaba sendo maior também.


Outro risco que acaba sendo maior quando o prazo da aplicação aumenta é o risco de crédito. Toda aplicação de “Renda Fixa” na prática é um empréstimo que os investidores fazem, com a condição de receber em um prazo específico o seu dinheiro de volta somado a um valor adicional, que é a rentabilidade da aplicação. Pois bem, pensando que estamos emprestando o nosso dinheiro para alguém, fica mais fácil concluir que, para aceitarmos receber nosso dinheiro de volta em um prazo mais longo, só faz sentido se recebermos uma taxa mais alta por isso. Lembrando que alguns títulos de renda fixa contam com uma camada extra de proteção contra esse risco de crédito, o famoso FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Peça ao seu assessor ou assessora mais informações sobre o FGC.


Esses são dois motivos para, normalmente, os títulos com vencimentos mais longos oferecerem rentabilidades mais altas.


Qualquer dúvida, converse com o seu assessor ou assessora sobre esse tema que sempre gera dúvidas. Aqui na Ímpar sempre buscamos explicar todas as “entrelinhas” do mercado financeiro.


Com a nossa experiência, pretendemos multiplicar o conhecimento e apoiar nossos investidores(as) nas tomadas de decisão.


Grande Abraço,



5 views0 comments
whatsapp-logo.png
bottom of page