top of page
Search
  • Writer's pictureÍmpar Inteligência em Investimento

VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE PREÇO E VALOR?



No mercado financeiro esse é um conceito bem comum e difundido, mas será que os investidores entendem e, mais ainda, usam esse conceito para realizar os seus investimentos?


Para explicar o conceito de forma prática e clara, vou usar um exemplo de algo que encontramos em nosso dia a dia, uma calça jeans. Imagine que você goste de uma determinada marca de calça jeans e que o preço normal dela, ao qual você atribui uma boa relação custo-benefício, seja R$ 300,00.


Então você decide ir ao shopping com o objetivo de comprar uma nova calça jeans e ela está em seu preço normal, ou seja R$ 300,00. Você eventualmente a compra e sai satisfeito(a) visto que comprou a calça que queria ao preço que você julga correto, nem acima nem abaixo de seu valor. Nesse caso não há disparidade entre preço e valor.


Porém em outro dia você vai a mesma loja, mas a calça está em promoção, sendo vendida com 50% de desconto, a R$ 150,00. Quando se depara com essa promoção, você fica feliz ou triste?


Respondendo à pergunta acima, acredito que a maioria das pessoas deva ficar feliz, visto que agora você tem a chance de comprar aquela calça jeans que você gosta pela metade do valor que você atribui a ela. E, nesse cenário, você poderia decidir por comprar eventualmente mais de uma, afinal calça jeans é uma peça básica e usada no dia a dia recorrentemente.


Mas por que, quando passamos a lidar com investimentos, essa mesma lógica não é usada pela maioria dos investidores? (apenas uma pequena observação, não estou falando em fazer preço médio para qualquer investimento só porque se tem uma ação em carteira, e ela caiu de preço).


Não há uma resposta única, há vários fatores que nos fazem agir dessa forma, coisas que vão do nosso sistema de crenças e valores a um conhecimento muito superficial sobre o ativo que foi investido. Quem nunca seguiu a dica de um amigo, parente ou mesmo daquele influenciador famoso sem nem mesmo entender um pouco mais se aquele ativo era mesmo um bom ativo e adequado para o seu perfil e objetivos.


É impressionante como o nosso psicológico age contra nós mesmos quando estamos lidando com investimentos. Nas próximas newsletters, vou me aprofundar nos motivos que nos fazem agir de forma irracional e, em muitos casos, perder dinheiro ou deixar de aproveitar esses momentos para investir em bons ativos, nos valendo dos descontos e promoções que o mercado nos oferece.


Até a próxima!


9 views0 comments

Comments


whatsapp-logo.png
bottom of page